Cestos são objetos versáteis e multifuncionais que podem ajudar a deixar sua casa mais organizada e bem decorada. No entanto, se você tem uma coleção de cestos que estão encostados num canto sem uso, esse pode ser o momento certo para dar uma nova vida a eles. Conheça 10 novos usos surpreendentes para cestos antigos:

Como reutilizar cestos antigosFonte: Houzz – Jessica Helgerson Interior Design.

Como um cachepô: cestos podem ser cachepôs elegantes e funcionais. É possível colocar uma única planta dentro do cesto, principalmente se ele lembrar um vaso. Outra opção é colocar vários pequenos vasos com plantas variadas, criando um arranjo. Apenas certifique-se de proteger seu interior com um saco de plástico ou manter o vaso original da planta para não estragar o cesto com umidade.

Como um sistema de armazenamento vertical: com apenas alguns parafusos é possível prender pequenos cestos a parede, criando um sistema de armazenamento vertical. Você pode usá-los para armazenar todo tipo de miudeza, desde plantas, para a criação de um jardim vertical, quanto material de escritório ou escolar, para complementar a decoração do home office ou de um quarto infantil.

Como obras de arte: existem cestos lindo, que são tecidos com diferentes cores e padrões e se assemelham a mandalas. Para torná-los uma verdadeira obra de arte, basta pendurá-los na parede. Pode parecer um acessório artístico um pouco inusitado, mas mesmo um único cesto deste tipo já pode se tornar o destaque do cômodo.

Como uma mesa lateral: cestos altos e aramados podem ajudar a compor uma mesa veritcal inusitada e única. Basta virá-lo de cabeça para baixo e colocar uma madeira ou uma bandeja como tampo para mesa. Pronto: sua mesinha lateral já pode ser usada. Se você quiser, pode usar tinta em spray para dar uma cor nova ao cesto, deixando-o irreconhecível.

10 novos usos surpreendentes para cestos antigosFonte: Houzz – Hardoor.

Como uma fruteira: vários cestos aramados e que não sejam muito pequenos podem ser aparafusados na parede da cozinha para a criação de uma fruteira muito original. Os cestos podem ser colocados lado a lado se foram grandes ou um sobre o outro, imitando o formato de uma fruteira tradicional se forem menores.

Como uma mesinha de cabeceira: vários tipos de cestos podem funcionar bem como mesinha de cabeceira. Um cesto grande com tampa pode servir para armazenar todo tipo de objeto e ainda receber uma luminária em cima. Já um cesto menor pode ser pendurado na parede na altura da cama e ser o local ideal para apoiar livros, celular e objetos decorativos.

Como um organizador de joias: este pode não ser uma ideia nova, mas você pode ter um cesto pequeno que nunca pensou em utilizar para armazenar joias e bijuterias. Aproveite para dar um novo visual ao cesto, já que ele irá guardar objetos mais nobres. Que tal dar um novo acabamento nele com uma fita ou até colar algumas pedrinhas de strass? Vai ficar lindo.

Como prateleiras: se você tem um monte de coisas para guardar, mas não sabe bem onde, colocar tudo em cestos pode ser uma boa saída. Pendure os cestos na parede, como se estivessem formando um jogo de prateleiras, e armazene seu objetos neles. Vale ressaltar que o peso dos objetos pode deformar os cestos. Portanto, tome cuidado.

Decoração com cestos antigosFonte: Houzz – Jennifer Grey Interiors Design.

Como uma bandeja: um cesto raso pode ser o local ideal para arrumar pequenas xícaras de café para servir convidados ou arrumar os temperos ao lado do fogão. Para usar um cesto como bandeja pode ser necessário passar um produto impermeabilizante nele, para prolongar sua vida útil se ele não for de plástico.

Como uma caminha para o seu pet: gatos adoram espacinhos pequenos e escuros. Portanto, um cesto de tamanho médio pode ser o local ideal para eles. Vire-o de lado e deixe seu gato entrar e se acostumar com a novidade Já cachorros adoram caminhas. Então um cesto grande e raso com uma almofada dentro pode agradar bastante. Certifique-se que a capa da almofada é removível para que você possa lavá-la periodicamente.

Deixe seu Comentário

Comentários