Tapetes existem desde tempos imemoriais. E também seus métodos de limpeza. No entanto, o surgimento de métodos de limpeza profissional tem dado origem a uma série de mitos relacionados com a limpeza do tapete. Conheça 3 mitos sobre limpeza de tapetes.

Como limpar um tapete

Fonte: Arquitetude.

Esses boatos buscam dissuadir as pessoas de utilizarem métodos caseiros para realizar a limpeza de seus tapetes. Eles foram desmistificados para ajudar a manter sua casa sempre limpa e sua família saudável.

Afinal, um tapete sujo não é apenas cheio de poeira e sujeira: é também um local fértil para a proliferação de germes e doenças. Tapetes sujos podem poluir o ar de dentro de casa e resultar em uma série de doenças. Por isso, a fim de manter a família saudável e a casa limpa, é preciso realizar a limpeza periódica de seus tapetes.

1. Você não deve aspirar muito os tapetes

Às vezes, ao limpar o aspirador, encontramos algumas bolas de tecido e fios junto ao resto da sujeira e pensamos que estamos perdendo partes do tapete. No entanto, uma investigação mais profunda demonstra que a aspiração não arranca parte do tapete ou torna-o mais fino, pois o material encontrado no aspirador faz parte de uma perda natural do tecido.

Além disso, tecidos e fios podem ser provenientes de outros objetos, como toalhas e lençóis. É possível aspirar um tapete de três a quatro vezes por semana sem acarretar nenhuma perda. Considerando que um tapete é, em média, aspirado de três a quatro vezes por mês, então é aceitável dizer que a aspiração não é uma atitude que cause perdas a ele.

Mitos sobre limpeza de tapetesFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

2. Tapetes devem ser lavados por profissionais para não encolher

Já faz muito tempo que não se utiliza materiais que encolhem em tapetes. A maioria deles são, atualmente, feitos de nylon amarrado em uma base de material sintético. Uma vez que quase todos nós sabemos que os sintéticos não encolhem mesmo em água quente, não há praticamente nenhuma chance que seu tapete encolha devido à limpeza caseira.

Vale lembrar que, devido a esses mesmos motivos, também é praticamente impossível alterar as cores do tapete por causa de limpeza e lavagens feitas em casa, a não ser através do uso equivocado de produtos químicos. Até porque a limpeza profissional de tapetes e carpetes é algo recente na história, enquanto os primeiros tapetes surgiram em 500 antes de Cristo.

Por outro lado, se você realmente possui um tapete de lã ou seda, contar com uma limpeza profissional pode ser a melhor opção, pois esses são materiais naturais que podem sofrer encolhimentos ou alteração de suas cores se sua lavagem for feita de forma errada.

3. Limpar um tapete faz com que ele se suje mais rápido

Muita gente tem a impressão de que os tapetes tornam-se mais propensos a acumular sujeira quando estão limpos. No entanto, isso nada tem a ver com o a limpeza em si. O que acontece é que, quando o tapete está muito limpo, qualquer sujeirinha fica facilmente perceptível.

3 mitos sobre limpeza de tapetesFonte: Casa 3 Arquitetura.

Além disso, se o seu tapete não for devidamente limpo e restarem nele resíduos de produtos químicos de limpeza, então ele acaba mesmo com tendência a atrair e acumular mais poeira e sujeira do que antes. Isso ocorre porque o material que ficou depositado no tapete pode fazer com que a sujeira se acumule com ainda mais facilidade.

Portanto, é importante que a limpeza do tapete seja realizada adequadamente e qualquer resíduo de produtos químicos sejam totalmente removidos. Quando a limpeza do tapete é feita corretamente, não ocorre nenhuma tendência a acumular mais sujeira do que ele já tinha anteriormente.

Deixe seu Comentário

Comentários