Aprenda a escolher as melhores estruturas e plantas para trazer um pouco de ar livre para dentro de casa e criar uma parede viva na sua casa.

Um jardim vertical é uma verdadeira parede viva. Ele gera oxigênio ao mesmo tempo em que proporciona um visual que é, indiscutivelmente, tão impressionante e muito mais acessível do que uma peça fina de arte. Enquanto um jardim vertical requer mais manutenção que a maioria dos outros revestimentos de parede, ele trará textura, energia e vida para o ambiente, como todas as plantas trazem.

E é muito simples criar uma parede viva na sua casa: basta manter as plantas novas e frescas e cuidar do jardim, e as chances são grandes de que você terá a parede viva mais falada da vizinhança. Veja aqui o que você precisa saber para começar.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Dicas de como criar uma parede viva em casa

Faça você mesmo ou contrate alguém? Depende! Se você quer uma parede viva grande, que realmente chame atenção, é melhor contratar um jardineiro profissional, ou um paisagista. Mas se seu projeto for mais simples, vá em frente e faça você mesmo!

Escolha a estrutura. A maioria das lojas de jardinagem vende suportes para jardim vertical. Você pode escolher, por exemplo, uma jardineira com bandejas para um plantio rápido e prático. Caso alguma planta fique doente ou com alguma praga, será muito fácil tirá-la e substituí-la. Se for mais fácil, peça para um profissional fixar a jardineira e você só terá que cuidar das plantas.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Outra ótima opção para quem quer fazer o jardim vertical sozinho é a jardineira com bolsas (Woolly Pocket). As bolsas são feitas com tecidos macios ao toque e são fáceis de ser penduradas. A estrutura funciona tanto para paredes grandes como pequenas (você pode até mesmo pendurar as bolsas atrás de portas) e pode servir para esconder revestimentos desgastados.

Escolha as plantas. Para uma parede verde, escolha plantas de 15 centímetros, levando em consideração o efeito ou a textura que você imagina para seu jardim vertical, e as necessidades de iluminação. As suculentas são fáceis de cuidar, exigem pouca água e ainda proporcionam um bom visual. As plantas do gênero Sedum são também uma ótima opção. Não faz mal escolher plantas com necessidades de hidratação diferentes e dispô-las na mesma bandeja, já que elas vão sugar somente a quantidade necessária de água. Certifique-se de usar o tipo de solo recomendado.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Papéis de parede podem ser um desastre em ambientes muito úmidos, como banheiros, já a parede viva adora água, juntamente com ventilação e luminosidade. Além disso, dá à decoração um ar zen, de relaxamento total.

Escolha a parede. É essencial lembrar que a parede irá sustentar um jardim vertical, não uma peça de arte. Haverá pregos, sujeira, talvez até fertilizante. Por isso considere contratar um profissional para armar a estrutura, já que ele poderá checar o peso e o tamanho e se certificar de que a parede poderá suportar o jardim vertical. Além disso, escolha um espaço que seja de fácil acesso (não muito próximo de móveis ou objetos), para que se possa regar tranquilamente ou limpar terra ou folhas que caiam.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Encontre luz. Certifique-se de que sua parede viva fique perto de uma janela ou outra fonte de luz natural, que é sempre a melhor opção. Tente encontrar um lugar em que a luz seja abundante, mantendo em mente o acesso para manutenção.

Custo. Dependendo do estilo de parede viva, o projeto pode sair caro. Para minimizar os custos, procure plantas com folhagens que caem ao redor do vaso e videiras que você poderá manusear para cobrir as laterais e cantos da estrutura do jardim vertical. Esses tipos de plantas ajudam a cobrir melhor os espaços, além de proporcionarem beleza. O estilo minimalista nesse caso impacta muito no visual.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Regue. Embora muitas dessas estruturas sejam feitas para paredes internas, a parede viva pode ser feita no lado externo se houver buracos por onde a água possa escorrer das bandejas caso chova. Considere as condições climáticas da sua região ao escolher os tipos de plantas, se sua parede viva for ficar do lado de fora da casa, e também a frequência das regas. Algumas plantas precisam de rega diária, enquanto outras, como as suculentas, podem ficar praticamente uma semana entre uma rega e outra.

E evite água parada, tanto para a saúde das plantas como para evitar o mosquito da dengue. Se a planta secar, troque-a por uma nova. Com um sistema de plantio bom e durável, a vida útil da sua parede viva será mais longa que a de plantas individuais.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Adorne e cuide. Você pode realçar ou embelezar sua parede viva com uma moldura de madeira natural ou uma moderna peça de metal, dependendo do estilo de decoração que você quiser. Contrate um marceneiro ou um ferreiro que poderá lhe ajudar a criar uma moldura exclusiva que deixará sua parede viva ainda mais bonita.

Criar uma parede viva na sua casa | decoração Ideal

Imagens de Houzz

Deixe seu Comentário

Comentários