O design de interiores escandinavo é tudo. Simplicidade e função são os princípios orientadores que moldaram a sensibilidade da Europa nórdica, resultando em espaços cheios de luz, vivacidade, serenidade e sentimento de unidade com a natureza. Conheça o estilo de design de interior escandinavo.

Conheça o estilo de design de interior escandinavoFonte: Papac Media AB.

Uma mistura de tendências da Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia: assim é o design de interiores escandinavo, que preza pela utilização de elementos naturais, favorece paletas de cores neutras, mantém as linhas simples e extrapola a funcionalidade de cada parte da decoração. O estilo escandinavo é simples, chique, iluminado, livre de confusões e está se tornando tendência em todo o mundo.

O decoração escandinava para casa começou a se tornar mais conhecida pelo mundo após a edição de 1947 da Trienal de Milão. Móveis, artigos de vidro e acessórios para casa dos países nórdicos foram a sensação da exposição e tornou-se uma febre na Europa logo depois. Pouco mais de 10 anos depois, o design de interiores escandinavo chegada aos Estados Unidos e Canadá, popularizando-se ainda mais.

É interessante como as diferentes tendências escandinavas evoluíram no resto da Europa, que geralmente favorece uma decoração opulenta e ornamentada, inspirada no estilo de vida luxuoso da aristocracia e da realeza. Os povos nórdicos traçaram um curso diferente, preferindo o mais prático e funcional.

A vida na região da Escandinávia foi a principal responsável pela formação desse estilo de design. Invernos longos e duros com poucas horas de luz natural mantinham as pessoas dentro de casa por muitos meses. Além disso, a maioria delas vivia em casas pequenas e era imperativo se sentir confortável e fazer mesmo o menor espaço ser o mais arejado possível.

Estilo EscandinavoFonte: Stone Age.

Além disso, a sensibilidade ao design emergente era igualitária, evitando a elegância ornamentada e celebrando uma simplicidade que fosse acessível a todos. O resultado foi um estilo que combinou com praticidade e beleza.

Embora a popularidade do design escandinavo tenha diminuído um pouco nos anos 1980, voltou a subir na década seguinte quando o estilo foi reinterpretado. A década de 1990 viu designers escandinavos criando peças audaciosas e únicas através de um princípio orientador que dizia que “menos é mais”.

Conheça as principais características do estilo de design de interiores escandinavo:

Linhas limpas: simplicidade é realmente o mantra do design escandinavo, que prioriza a função sem sacrificar a estética. Móveis neste estilo costumam ser peças muito populares em todo o mundo, ostentando linhas simples e limpas que mostrando muita elegância sofisticação sem comprometer o conforto.

A cadeira Arne Jacobsen 7, por exemplo, foi criada na década de 1950 pelo designer de cadeira Arne Jacobsen e continua sendo parte integrante de milhões de salas de jantar, cozinhas e escritórios em todo o mundo. Com um design robusto de linhas simples, porém delicadas, a cadeira parece ser atemporal e continua encantando a todos mais de 60 anos depois de sua criação.

Cadeira Arne Jacobsen 7Fonte: Hive Modern.

Luz: manter a melancolia de longos dias de inverno fora de casa é fundamental na decoração escandinava. Por isso, a luz natural é amplificada por qualquer meio necessário, seja com a utilização de janelas generosamente proporcionadas, seja através do uso de espelhos colocados estrategicamente para expandir visualmente o espaço e refletir qualquer luz ambiente disponível.

A paleta de cores dominante é, geralmente, algo neutro que reflete a luz. Além disso, os dispositivos elétricos são projetados com linhas e formulários simples, adicionando luz sem criar desordem visual. E velas são amplamente utilizadas, dando suavidade à decoração com suas chamas cintilantes.

Cores neutras: tons neutros dominam o design de interiores escandinavo. Estas cores calmas fazem quartos parecerem mais brilhantes e espaçosos mesmo em um dia nublado. Paredes brancas, guarnições, armários e bancadas parecem retroceder visualmente, fazendo os cômodos se parecerem muito maiores do que realmente são.

Design de interiores com estilo escandinavoFonte: Stylingbolaget.

A preferência por cores sóbrias não significa, contudo, que o design escandinavo seja sem graça. Peças como cerâmica, tapetes, almofadas e arte em tons brilhantes complementam os espaços, dando a eles vida e personalidade.

Elementos naturais: os povos escandinavos são amantes da natureza e acreditam que devem celebrá-la, mesmo quando estão dentro de casa. É por isso que a utilização de madeira natural é uma característica predominante no design de interiores escandinavo. Além disso, pisos de madeira são acolhedores e proporcionam um maior conforto térmico, tornando este material a escolha perfeita.

Pinho, faia e freixo são, de longe, os mais populares. Manchas e vernizes são geralmente mantidos claros, a fim de manter uma sensação de ar livre. Plantas em vasos também são bem comuns neste estilo de decoração de interiores para levar mais a natureza para dentro da casa.

Têxteis: um espaço projetado no estilo escandinavo não utiliza tecidos que tenham aparência pesada. Acessórios de têxteis são usados com moderação, mais para causar impacto, como um tapete colorido e um algumas almofadas, por exemplo. Tecidos naturais puros, como algodão, lã e linho, são mais utilizados do que os sintéticos ou misturados.

Conheça o estilo de design de interior escandinavoFonte: Fido Projects.

Todos estes princípios de design trabalham juntos para alcançar o ideal escandinavo de lagom, uma palavra sueca que significa “somente a quantidade certa”, nem muito, nem pouco. Assim, o design de interiores escandinavo cria espaços simples, organizados e eficientes, mas também acolhedores, confortáveis e agradáveis.

O design de interiores escandinavo é tão igualitário quanto utilitário. Há tanto boutiques que vendem produtos de decoração escandinavos quanto lojas acessíveis ao alcance de todos. E como os interiores escandinavos são minimalistas, a maioria pode adotá-los sem estourar o orçamento. Apenas algumas peças são suficientes para atualizar qualquer espaço.

Deixe seu Comentário

Comentários