Decorar um quarto de criança não precisa ser difícil. No entanto, nem sempre é fácil negociar com os pequenos e mostrar a eles a importância da funcionalidade e de se manter dentro do orçamento. Afinal, crianças nem sempre entendem esses conceitos. Por isso, confira algumas dicas para criar um quarto para crescer com seu filho.

Dicas para criar um quarto para crescer com seu filhoFonte: Michael Raffin.

Se há uma característica comum entre todas as crianças do mundo é que elas mudam gostos e desejos o tempo todo. Este não é um simples capricho: é um sinal de que a criança está crescendo. E é importante estar ciente disso e tentar fazer com que seu filho entenda que você não será capaz de realizar todos os seus desejos.

Mas é válido mostrar a criança que você está tentando desenvolver algo único, que tem a ver com a personalidade dela e que poderá ser aproveitado por muito tempo. Um quarto que possa crescer com o seu filho vai proporcionar um ambiente confortável e agradável para ele próprio crescer e se desenvolver.

Porém, não é uma boa ideia negligenciar completamente os desejos da criança, pois isso vai deixá-la muito chateada. Você precisa conhecer os interesses de seu filho e procurar itens que estarão pelo menos próximos do que ele imaginou. Incluir a criança no processo de concepção do próprio quarto é um forte incentivo à criatividade, e faz com que se sintam orgulhosos e responsáveis pela primeira vez.

Confira então dicas para criar um quarto para crescer com seu filho:

1. Mantenha as paletas neutras: ao projetar o quarto do seu filho, você provavelmente vai se sentir tentado a escolher cores ou acessórios específicos de gênero. Porém, ao fazer isso, você pode acabar deixando o quarto com um visual demasiadamente infantil. Usar cores neutras, como cinza, bege, creme ou branco vai deixar o espaço mais atemporal e clássico.

Como criar um quarto para crescer com seu filhoFonte: VC Design Architectural Services.

2. Móveis multifuncionais: para criar um espaço que possa acompanhar a transição de idade, móveis multifuncionais podem ser uma ótima saída. Em vez de um armário pequeno, você pode ter uma cômoda com baú, perfeita para acomodar brinquedos e roupas. Outra opção interessante pode ser uma cama com gavetas embaixo, ótimas para guardar a roupa de cama e banho da criança.

3. Não subestime a importância das soluções de armazenamento: crianças têm pilhas de pertences e é pouco provável que isso mude a medida que elas cresçam. Mesmo um quarto de um bebê precisa de soluções de armazenamento múltiplas para guardar pertences, evitar uma aparência desordenada e proporcionar espaço livre para outras atividades.

Esses espaços de armazenamento devem ser flexível para poder acomodar todo tipo de item. Afinal, nossas necessidades vão mudando com o passar do tempo. Um armário que possa ter sua divisão interna reorganizada, por exemplo, pode ser a solução perfeita para integrar um quarto para crescer com seu filho.

4. Escolha peças atemporais: a única maneira de impedir que seu filho queira mudar o quarto constantemente é escolhendo móveis com beleza clássica e atemporal. Assim, um jogo de quarto com design moderno e simples e de cor tradicional pode ser muito mais bem aproveitado do que uma cama rosa no formato de um castelo de princesa pequena.

Dicas para criar um quarto para crescer com seu filhoFonte: Mary Anne Smiley Interiors.

5. Escolha itens de qualidade que irão durar: sempre vale a pena pagar mais caro por uma peça que sabemos que vai durar muito tempo mesmo sendo utilizada diariamente. Assim, não tenha medo de investir em móveis e acessórios de qualidade superior, pois eles vão acompanhar seu filho por muito mais tempo do que peças baratas e descartáveis.

6. Decore para fácil manutenção: faça a sua vida mais fácil escolhendo móveis fáceis de limpar e objetos que necessitam de pouca manutenção. Tapetes antialérgicos, por exemplo, são ótimas opções para quartos infantis, assim como cortinas ou persianas que ficam limpas apenas passando o aspirador de pó.

7. Crie um espaço inspirador: desde bem pequenas, as crianças definem um canto tranquilo onde podem colorir, desenhar ou ler à medida que crescem. Uma vez que eles começam a escola, o lugar se transforma em uma área de estudo, onde eles precisam ler e fazer sua lição de casa sem serem perturbados. Por isso, não se esqueça de criar um espaço inspirador para que ela possa desenvolver estas atividades.

8. Mantenha simples: simplicidade é difícil de conseguir no quarto de uma criança, considerando todos aqueles brinquedos, roupas, acessórios e todas as coisas que elas dizem que não podem viver sem. Por isso, manter o mobiliário básico e simples pode ser a melhor opção, de modo que o espaço possa ser atualizado apenas trocando os acessórios.

Deixe seu Comentário

Comentários