Seu armário está transbordando de roupas e você já não consegue achar mais nada? Talvez seja hora de desapegar de algumas coisas, por mais difícil que isso seja. Confira algumas dicas para limpar o armário sem se arrepender depois.

Dicas para limpar o armário sem se arrepender depoisFonte: Cosmo.

Existem grande chances de você estar com medo de se desfazer de algumas coisas e acabar se arrependendo depois. Mas a verdade é que, se não cabe mais nada no seu armário, existe grande probabilidade de você nem saber mais direito o que há dentro dele. Além disso, também é preciso abrir espaço para coisas novas se você pretende ir às comprar em breve.

Por isso, confira algumas dicas para limpar o armário sem se arrepender depois:

Embale mas não doe imediatamente: para tirar o estresse da equação, tente essa técnica. Ao invés de embalar as coisas e mandá-las embora, tire o que você está pensando em doar do armário e deixe tudo num cantinho separado por algumas semanas. Se neste período de tempo você não sentir vontade de usar nada, então pode ser o momento de mandar essas peças embora.

Se desfaça de peças duplicadas: todos nós temos peças repetidas no guarda-roupa. O problema é que isso ocupa muito espaço e faz com que você não se abra a novos modelos, usando sempre as mesmas coisas. Por isso, se desfaça de peças duplicadas. Muitas vezes, nem sentimos falta delas porque temos outras iguais. Mantenha as que você mais usa e mande o resto embora para abrir novos espaços.

Como organizar o guarda roupaFonte: World Threads Traveler.

Mande embora qualquer coisa que não te faça sentir bem: sabe aquelas roupas que não sevem mais e acabam te deprimindo quando você olha para elas? Muita gente tem essa mania de guardar peças de roupas porque podem voltar a usar um dia. No entanto, esse dia não chega nunca e a roupa fica lá ocupando espaço e atrapalhando sua autoestima. Faça um favor a si mesmo e mantenha em seu armário apenas coisas que te fazem você se sentir bem.

O que não faz seu estilo deve ir embora: todo mundo tem peças que acaba comprando ou ganhando e não usando nunca simplesmente porque não combinam com seu estilo próprio. Ficar guardando essas roupas só por guardar não acrescenta em nada e ainda ocupa espaço no armário. A vantagem de peças nunca usadas, principalmente as com etiqueta, é que elas podem render algum dinheiro em brechós ou na internet.

Se force a usar todas as peças que você classificou como talvez: é normal ter apego a algumas peças que acabam não indo embora porque talvez você queira usá-las um dia. Então faça este dia chegar e use as roupas da pilha do talvez sempre que possível. Peças que passarem muitas semanas sem serem usadas provavelmente não serão usadas nunca, a não ser que sejam itens sazonais, como casacos, botas e gorros.

Encontre maneiras de usar suas peças inusitadas: digamos que você comprou um colete de pele, mas nunca usou porque não encontrou a forma certa de usá-lo. Peças inusitadas são mesmo mais difíceis de usar, mas você deve tentar usá-las mesmo assim. Às vezes é bom se desafiar para aprimorar o estilo. No entanto, se você perceber que de forma alguma vai usar a roupa, talvez deva doá-la ou vendê-la.

Dicas para limpar o armário sem se arrepender depoisFonte: Go We Love It.

Permita-se usar apenas seus favoritos: mantenha suas peças favoritas a mão e deixe as outras menos acessíveis no armário. Permita-se passar um tempo usando apenas suas roupas preferias e de sentir-se bem o tempo todo por algumas semanas. Depois pense: você realmente está sentindo falta das roupas que não está usando? Se não, você pode se desfazer de tudo sem medo ou culpa.

Livrar-se de coisas é difícil, mas com paciência e uma dose extra de desapego, o caminho de tornar mais fácil.

Deixe seu Comentário

Comentários