Reformar a casa pode ser assustador. Sua mente fica cheia de ideias, todo mundo tem um conselho para dar e ainda é preciso lidar com grandes decisões. Você deve ou não ficar na casa durante a reforma? Mexer ou não na estrutura da casa? Por onde começar a reforma da casa?

Por onde começar a reforma da casa?Fonte: Pixabay.

O maior obstáculo pode ser simplesmente saber por onde começar. Se este é o seu caso, um pouco de reflexão acerca do assunto pode ajudar muito a dar mais objetividade ao processo. Planejar uma reforma geral pode ser trabalhoso, mas não precisa ser assustador, estressante ou causar pesadelos, principalmente se ela for bem pensada.

Claro que uma reforma pontual é muito mais simples. Reformar uma sala, um quarto ou um banheiro é um projeto que tem prazo curto e uma data definida para começar e acabar. Porém, em uma reforma completa, isso pode ser muito mais complexo.

E se você realmente precisa reformar completamente a casa, que tal começar pelo hall de entrada? Esse espaço normalmente necessita de reforma porque tende a ser um local de tráfego intenso, o que o leva a ficar bem desgastando com o passar do tempo. Depois é só ir seguindo e reformando os cômodos conforme eles forem aparecendo no corredor.

“Começar pelo começo” é sempre uma ótima ideia e ainda pode facilitar a isolar outros espaços que não estejam sendo reformados. Porém, se você tem um espaço particularmente problemático em casa e que está causando danos estruturais a residência, como um vazamento no banheiro, pode valer a pena começar por este local.

Dicas para a reforma da casaFonte: Pixabay.

Pense metodicamente no espaço a ser reformado em termos de piso, paredes, teto, iluminação e mobiliário. Prepare uma lista de materiais a serem comprados ou trabalho decorativo a ser feito. Isso também pode ajudar a fazer uma pesquisa de preços mais eficiente. Ter uma planilha no computador ajuda a organizar tudo, inclusive as finanças.

Se alterações significativas ou mesmo o aumento do imóvel está previsto, tire um tempo para refletir sobre o que está te impulsionando a realizar esta enorme reforma. Pense especificamente em quais são seus problemas em termos de espaço, luz e armazenamento, explorando cada um desses elementos ao máximo para criar uma casa adaptada às suas necessidades.

Tenha também em mente os estágios de vida presentes e futuros da sua família e como sua casa precisará responder a cada um. Afinal, crianças e adolescentes crescem e se mudam e adultos ficam idosos apresentando outras necessidades que nem sempre nos lembramos que podem aparecer um dia. Será que é realmente necessário uma enorme obra de ampliação?

Compare o que você tem com o que você quer, pensando sempre se seus problemas se relacionam com o uso do espaço. Comece por preparar um inventário dos quartos que você tem agora e como eles são usados. Em seguida, pense nos espaços que você gostaria de ter e as mudanças necessárias para chegar a perfeição. Anote tudo para ter um resumo de como seria sua casa ideal.

Como reformar a casaFonte: Pixabay.

O desafio principal é, na verdade, ver se a sua casa pode ser repensada para atender a essas necessidades. Por exemplo, a sala extra que você deseja pode ser acomodada em um quarto? É possível deixar o quarto de hóspedes multifuncional para acomodar seu escritório? Abra sua mente para usos inusitados dos espaços para conseguir o melhor de seus recursos, tanto espaciais quanto financeiros.

Se você sente que precisa de mais espaço, primeiro verifique se os quartos que você já tem estão sendo utilizados da melhor forma possível antes de pensar em construir um anexo a sua casa. Afinal, isso é muito trabalhosos, exige uma enorme burocracia e, às vezes, é simplesmente impossível.

Talvez você tenha um quarto que está subutilizado e ainda não percebeu. Será que ele não poderia ser reinventado para funcionar de uma maneira diferente? Muitas vezes, um cômodo problemático, como uma sala com pouca luz ou que fica muito quente, pode ser rearranjada e ficar perfeita para atender suas necessidades.

Faça um esforço para descobrir o que não funciona neste cômodo problemático, explore possíveis soluções e obtenha estimativas de custo para o trabalho envolvido. Mexer nos piores aspectos de um espaço pode transformá-lo completamente sem que seja preciso uma reforma completa da casa.

Por onde começar a reforma da casa?Fonte: Pixabay.

Já se o seu objetivo em reformar a casa é melhorar os espaços de armazenamento, pense bem sobre os armários já existentes e se eles estão sendo corretamente utilizados. Você pode pensar que eles são completamente inadequados, mas antes de realizar uma reforma completa pergunte-se sobre a necessidade de arrumar os armários e eliminar o que não é utilizado.

Na cozinha, por exemplo, reorganizar o conteúdo das gavetas existentes e adicionar prateleiras simples pode criar um espaço de armazenamento valioso. Este pensamento pode ser aplicado a todos os outros espaços da casa e seu principal gasto será o seu tempo, não o dinheiro.

Porém, se você decidir realmente aumentar a casa, certifique-se que o imóvel existente flui bem para a área em que será construída a extensão e que suas necessidades em termos de espaço e armazenamento estão realmente sendo cumpridas.

Não se esqueça de pensar nas questões de encanamento e eletricidade, pois água e luz são fundamentais para que qualquer residência funcione. Você não vai ter benefícios visuais ao reformar o encanamento ou a parte elétrica, mas com certeza terá uma casa mais confortável e segura.

Como saber por onde começar a reforma da casaFonte: Pixabay.

E é claro que, antes de começar qualquer grande reforma, procure aconselhamento profissional. Todos ao seu redor terão uma opinião sobre o que você deve fazer e você encontrará um enorme volume de inspiração de uma variedade de fontes. No entanto, nada substitui o trabalho de um bom arquiteto numa reforma completa. Além disso, reformas estruturais exigem a participação de um profissional.

Mas mesmo se as reformas a serem feitas forem só superficiais, procure um especialista. Um bom profissional vai elaborar o melhor projeto possível e gastar seu dinheiro de forma inteligente. Quanto mais cedo você envolver um profissional em seu projeto, menor será a possibilidade de que ocorram erros graves.

Mas, independente de qualquer acontecimento ou da escala de trabalho, mantenha o foco. Uma reforma completa tende a ser um processo longo e cansativo, e você pode pensar em desistir muitas vezes. No entanto, quem quer ter uma casa perfeita precisa assumir as rédeas da situação. Logo, você verá que todo o esforço valeu a pena e sua casa estará perfeita.

Deixe seu Comentário

Comentários