Naqueles dias mais quentes de verão o que muitos de nós queremos é poder dar um mergulho numa piscina bem refrescante. Ela proporciona alívio para o calor e a oportunidade de simplesmente relaxar e desfrutar de um tempo sozinho. E, embora a maioria das piscinas sejam externas, que tal ter uma piscina dentro de casa?

Piscina dentro de casaFonte: Houzz – Villa Moda.

Piscinas cobertas tornaram-se muito populares nos últimos anos, especialmente em academias, ginásios e instalações esportivas. Elas são ótimas para se refrescar após a malhação ou fazer preparo cardiorrespiratório. E, ao contrário de piscinas ao ar livre, você pode usar uma piscina coberta durante todo o ano, sem ter que se preocupar com o tempo.

Se você não gosta de usar as piscinas públicas, mas ainda assim gosta de dar uns mergulhos às vezes, então ter uma piscina coberta em casa pode ser uma boa saída. Ao ter uma piscina em casa, você poderá disfrutar dela até nas épocas mais frias do ano sem precisar se preocupar com a temperatura externa.

As piscinas internas podem ser vantajosas até no verão! Afinal, quem nunca se preparou para um mergulho refrescante e, ao entrar na água, percebeu que está tão quente dentro quanto fora dela? Como a piscina não fica exposta ao sol, a tendência é que a água também se mantenha mais fresca.

A primeira coisa que você precisa fazer antes de inventar qualquer plano mirabolante é saber se sua casa realmente tem espaço para uma piscina interna. Se você não tiver um cômodo disponível para isso, terá que construir um. Mas não se preocupe: a maioria das pessoas não possui esse cômodo e também necessita fazer o projeto do zero.

Como construir uma piscina internaFonte: Houzz – Van Dusen Architects.

Uma piscina dentro de casa irá proporcionar muito espaço para nadar, relaxar e receber os amigos para um mergulho em qualquer época do ano. Mas é preciso preparar o bolso, pois a construção de uma piscina grande pode ser bastante onerosa, principalmente se houver necessidade de cavar.

Se você não tem muito dinheiro para gastar, pode ter uma piscina acima do solo, o que pode custar bem menos tendo em vista que o maior problema das escavações é causar algum dano estrutural na casa. Ao pular essa parte do projeto, a probabilidade de encontrar problemas é bem menor.

Vale lembrar que uma piscina (seja ela interna ou externa) pode ajudar a elevar o valor total de sua propriedade, o que será uma grande vantagem mais tarde, se você decidir vender a sua casa. As piscinas internas têm um clima de spa que é bastante valorizado pelos corretores de imóveis.

Quando você for construir sua piscina dentro de casa, a ajuda de profissionais é fundamental. Embora muita gente pense em fazer tudo sozinho, a construção de uma piscina é mais complicada do que se imagina: tem a parte das fundações, do encanamento, da construção e, ainda, a parte legal para que a piscina fique em conformidade com as leis.

Que tal ter uma piscina dentro de casa?Fonte: Houzz – Vega Vega Arquitectos.

Mas depois que essa época passar, uma piscina interna é garantia de diversão e emoção durante todo o ano. Além disso, se você tem algum problema de saúde e precisa fazer exercícios ou fisioterapia na água, essa piscina vai te ajudar a resolver esses problemas no conforto do seu lar.

Para que sua piscina seja confortável inclusive no inverno, somente o teto pode não ser suficiente: é necessário investir em um aquecedor para a água. Assim você determina a temperatura da água sempre que for usá-la.

Todo o material necessário para transformar sua piscina interna em realidade pode ser encontrado on-line ou em lojas de material de construção. Mas antes de sair adquirindo um monte de materiais, consulte o profissional que irá realizar sua obra. Ele irá indicar tudo o que você precisa nas quantidades adequadas para evitar desperdícios.

Deixe seu Comentário

Comentários