Mudança: se só de pensar nesta palavra você sente calafrios, precisa conferir nosso guia para ajudar na sua próxima mudança.

Guia para mudançaFonte: FreePik.

Mudar de casa (especialmente se estamos indo para uma nova cidade ou estado) representa uma grande modificação na vida e, naturalmente, traz uma grande quantidade de estresse junto com ela. E isso pode ser um golpe duro, porque o estresse pode levar a falta de energia e motivação e temos o costume de procrastinar quando isso acontece.

No entanto, apesar do estresse, é preciso encarar uma mudança de forma positiva. Essa é a oportunidade de conhecer novos lugares e novas pessoas que não estariam acessíveis se continuássemos no mesmo lugar. Então, é preciso colocar a mão na massa e arrumar muitas caixas!

É possível comprar caixas de papelão, mas é muito mais barato conseguir algumas no supermercado da região. E não se esqueça de guardar os jornais durante algumas semanas para empacotar os itens mais frágeis. Se você não gosta da ideia de suas coisas embrulhadas com jornal pode adquirir um rolo de plástico-bolha, que é perfeito para embrulhar itens delicados, como as louças.

Dicas para te ajudar na próxima mudançaFonte: FreePik.

Procure embalar seus pertences aos poucos para não se sobrecarregar e para acomodá-los melhor nas embalagens. Deixe por último os itens que você mais usa, eles podem ser levados para a casa nova em uma mala ou bolsa de mão.

Esvazie a geladeira e armários de cozinha na semana da mudança, para não precisar gastar muito dinheiro comendo na rua. Quando desligar a geladeira, deixe-a com uma frestinha aberta para que ela não acumule umidade e fique com cheiro estranho.

Quando estiver embalando suas coisas, coloque etiquetas em todas as caixas com o seu nome, dizendo o que há dentro e em que cômodo elas devem ser colocadas. Isso facilita muito na hora de recolocar tudo no lugar. Você pode também numerar as caixas e fazer um check list. Assim, no dia da mudança, fica bem mais fácil saber se tudo foi entregue corretamente.

Mudança de casaFonte: FreePik.

Como essa é uma oportunidade praticamente única de mexer em todas as coisas, aproveite para fazer uma boa arrumação. Se desfaça de coisas que estão entulhando móveis e armários e também do que você não usa há muito tempo. Se você for descartar alguns itens de valor pode tentar levantar algum dinheiro para mudança vendendo-os em brechós, antiquários ou pela internet. As outras peças, principalmente roupas, sapatos e móveis, podem ser doados para a caridade se estiverem em bom estado.

Peças de valor afetivo devem ser guardadas, para você ter essas lembranças com você quando estiver na nova casa. Não é porque você está se mudando que deve deixar tudo para trás. Alguns itens trazem ótimas lembranças, e são esses que você deve levar para a casa nova.

Se mudar é pode ser conturbado, então reúna todos os seus documentos e contas em um único lugar. Pode ser uma pasta ou uma caixinha que deve ser mantida sempre a mão. No meio da confusão da mudança muitas coisas podem acabar se perdendo por muito tempo e você não vai querer perder seus documentos não é? Outros itens importantes, como chaves e cartões, devem ser mantidos também sempre a mão, de preferência dentro da bolsa.

Como organizar a mudançaFonte: FreePik.

Antes de se mudar, organize a casa nova se possível. Tente passar um dia lá e fazer uma boa limpeza, pois imóveis fechados tendem a ficar bem empoeirados. Conheça a vizinhança e descubra o que há perto de sua casa. Farmácias, mercados e padarias podem ser bem importantes no processo de adaptação, pois vendem itens básicos.

Além disso, é preciso entrar em contato com as empresas de luz, água e gás para reativar esses serviços na casa nova. Se você utilizar TV a cabo e telefone, terá que cancelar as assinaturas antigas e ativar novas.

Com um bom planejamento e preparação, o processo de mudança, embora muito pouco divertido, pode ser menos estressante.

Deixe seu Comentário

Comentários