O Wi-Fi já foi considerado uma conveniência agradável em casa, mas agora é uma necessidade absoluta. O número de dispositivos conectados é enorme e não incluem somente computadores e smartphones, mas também luzes, fechaduras, eletrodomésticos, cortinas, sistemas de entretenimento, dentre outros. Por isso, é importante saber mais sobre o Wi-Fi, o que é e como fazê-lo funcionar melhor na sua casa.

O que é Wi-FiFonte: Pixabay.

Algumas pessoas podem pensar que não há muitas razões para ter uma casa com tantos dispositivos conectados, mas a maioria dos fabricantes de produtos estão indo nessa direção, por isso é bom estar preparado.

O Wi-Fi normalmente parte de um roteador. A maioria das casas hoje tem um roteador, geralmente fornecido por uma empresa telefônica ou de TV a cabo. O dispositivo que muitas pessoas chamam o roteador é, na verdade, dois dispositivos em uma caixa. O próprio roteador tem várias conexões, ou portas, que permitem a conexão com fio de vários dispositivos, mas também inclui recursos sem fio. A segunda parte é o modem, que se comunica com seu provedor (ISP) e fornece acesso à internet.

Basicamente, o Wi-Fi é um sinal de rádio. Mas, ao contrário das grandes torres de rádio que distribuem sinais de alta potência para milhares e milhares de carros, casas e empresas, o sinal Wi-Fi percorre distâncias curtas.

O sinal Wi-Fi do seu roteador e modem geralmente viaja cerca de 45 metros. No entanto, uma vez que o sinal é fraco, é afetado pelas estruturas físicas na casa, tais como paredes, condutores metálicas, aço, vigas e pedras. Isso significa que o Wi-Fi em sua casa pode funcionar muito bem em um quarto, mas ser irregular em outras áreas.

Wi-Fi: o que é e como fazê-lo funcionar melhor na sua casaFonte: Pixabay.

Assim como a luz de uma lâmpada, quanto mais longe você estiver dela, menos iluminação estará recebendo. Se houverem paredes bloqueando, você não verá a luz. E o mesmo acontece com o sinal de Wi-Fi: quanto mais distante do roteador, menos sinal você irá receber. Os sinais de Wi-Fi até podem viajar através das paredes, mas ficam mais fracos devido a distância e as estruturas da casa.

Felizmente, há maneiras de melhorar o sinal Wi-Fi em toda a sua casa. Você pode adicionar um ponto de acesso sem fio, que normalmente é conectado ao roteador e serve como uma antena estendida. Além disso, há WAPs a prova de intempéries que são montados no exterior e estendem seu sinal Wi-Fi para as áreas externas.

WAPs (WAP é a sigla de Wireless Application Protocol, que Protocolo para Aplicações Sem Fio em português. O WAP é uma tecnologia que permite que aparelhos portáteis conectem-se a internet) e roteadores de alta qualidade melhoram muito o sinal Wi-Fi por toda a casa.

Em casas grandes, vários WAPs podem ser instalados para melhorar a cobertura e espalhar o sinal. Cobrir grandes áreas pode ser complicado porque o sistema precisa ser projetado adequadamente para fornecer cobertura máxima. A melhor solução neste caso é contratar um especialista em tecnologia para projetar corretamente o sistema Wi-Fi.

Wi-Fi: o que é e como fazê-lo funcionar melhor na sua casaFonte: Pixabay.

As demandas no Wi-Fi da sua casa aumentarão à medida que mais e mais produtos se conectarem. Alguns anos atrás, uma casa típica pode ter um laptop ou dois. Hoje, a casa média de dispositivos conectados a rede varia muito, mas pode chegar a mais de dez e este número continua crescendo.

Muitas casas têm tablets, impressoras, videogames, laptops e players de Blu-ray competindo pelo sinal Wi-Fi. Se adicionarmos computadores, notebooks, smartphones e dispositivos domésticos inteligentes, a carga no sistema Wi-Fi se torna substancial e pode ser necessário ajuda profissional para potencializar esse sinal sem fio ao máximo por toda a casa para que ninguém fique sem conexão.

Deixe seu Comentário

Comentários