O termo “móveis para escritório” sempre faz a gente pensar em mesas de reunião, cadeiras feias e divisórias claustrofóbicas. Raramente pensamos em algo além disso. Mas, hoje em dia, há mais do que isso quando vamos procurar por esse tipo de mobiliário. Veja então 10 coisas para manter em mente ao escolher móveis para escritório:

10 coisas para manter em mente ao escolher móveis para escritórioFonte: Casa3 Arquitetura.

1. Identificar as necessidades: a primeira coisa a fazer quando pensar em comprar móveis para escritório é ter em mento os requisitos relacionados com o trabalho. Você usa muitos aparelhos? Você precisa de um monte de espaço para guardar coisas? Você utiliza apenas um computador? As respostas destas perguntas vão ajudar a priorizar algumas funcionalidades de determinados móveis.

2. Criar uma lista: antes de comprar um monte de móveis, faça uma lista de suas necessidades e como você pretende atendê-las através do mobiliário para escritório. Divida a lista em itens essenciais e o que você gostaria de ter, mas não é tão fundamental. Isto pode ajudar a poupar tempo e dinheiro quando você estiver escolhendo os itens.

3. Pense no espaço: pergunte a si o que cabe em seu espaço. Analise bem cada canto disponível para poder decidir como ficará o layout do escritório. Quanto menor os espaços, menos móveis caberão nele. Pensar no espaço ajudará você a decidir exatamente o é fundamental e o que é supérfluo.

Dicas para escolher os móveis de um escritórioFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

4. Mantenha o orçamento: definir um orçamento limite antes de sair para sua maratona de compras de móveis pode evitar muitos problemas! Ultrapassar orçamentos é um problema bem comum e que pode acabar com você tendo que arcar com juros de cartões e crédito e cheque especial.

5. Funcionalidade ou estilo? É muito mais importante priorizar funcionalidade e conforto do que estilo. No entanto, não é impossível unir os dois. Hoje em dia existem móveis ergonômicos que, além de proporcionarem grande conforto aos usuários, também são bonitos, estilosos e não custam tão caro assim.

6. Mesas e cadeiras: as mesas e as cadeiras são, talvez, as peças mais importantes do mobiliário para escritório. Isso porque elas compõem as estações de trabalho, locais em que os funcionários passam boa parte do seu dia. E uma estação de trabalho confortável é sinônimo de melhora na produtividade. Por isso, reserve um bom orçamento para mesas e cadeiras e gaste tempo escolhendo esses móveis para fazer a melhor opção.

Como escolher móveis para o escritório

Fonte: Arquitetude.

7. Áreas de armazenamento: todo escritório precisa de espaço de armazenamento. Certifique-se de comprar armários e unidades de armazenamento que possam ser instalados nas proximidades da mesa e bem ao alcance dos funcionários. Além disso, busque por móveis resistentes e fortes, que aguentem bastante peso. Os espaços de armazenamento costumam ser os primeiros a estragar devido ao grande desgaste causado pela constante manipulação e pelo peso.

8. Aluguel de mobiliário de escritório: muitas empresas consideram o aluguel de móveis mais vantajosos. Essa pode ser uma ótima opção para empresas que precisam de mobilidade, uma vez que as poupa de precisar carregar os móveis para todos os lugares. Mas essa pode não ser a melhor opção se você está planejando ficar no mesmo lugar por um longo tempo.

9. Saúde e segurança: pense em móveis ergonômicos para escritório não como um gasto, mas como um investimento. Investir neste tipo de mobiliário é bom, pois ajuda a manter a saúde dos funcionários em dia, dando mais segurança na execução dos trabalhos. Móveis ergonômicos ajudam, por exemplo, a evitar lesões por esforço repetitivo, dores nas costas e quedas.

Como escolher o mobiliário corporativoFonte: Casa3 Arquitetura.

10. Móveis também têm personalidade: um último detalhe bem importante e que deve ser lembrado é que é importante investir em um mobiliário que combine com a personalidade da empresa, transformando o espaço em um local único e agradável. Afinal, é neste local que você e sua equipe passarão cinco dias por semana e muitas horas diárias. E ninguém gosta de se ver preso em um espaço que não é inspirador para trabalhar.

Deixe seu Comentário

Comentários